🍿 Análise da série "How I Met Your Mother" - Um final medíocre para uma série incrível (COM SPOILERS)

HOW I MET YOUR MOTHER

Um final medíocre para uma série incrível

Eu nunca vou superar o final de How I Met Your Mother! Nunca! Uma série que me conquistou desde o primeiro episódio, que me cativou com personagens inesquecíveis, terminou de forma idiota, patética, ridícula e hipócrita.

Desculpe-me, mas só de falar deste final, eu me revolto.

Para quem não conhece a série e não viu ainda este final tenebroso, eu vou resumir:

How I Met Your Mother (Como eu conheci a sua mãe), conta a história de Ted (Josh Radnor), um pai de dois adolescentes, que está no ano de 2030 contando para seus filhos como ele conheceu a mãe deles. Uma premissa simples, mas ao mesmo tempo super interessante, pois podemos nos colocar nela: Quem nunca ouviu do seu pai como ele conheceu a sua mãe? Como tudo começou?

Por 9 temporadas (isso mesmo, 9 anos de enrolação), ficamos apreensivos para saber como esse casal ia se conhecer, se amar e ficar juntos. A Mother do título me aparece somente no último episódio da 8ª TEMPORADA (Meu Deus!!!), mas valeu a pena a espera.

Tracy (Cristin Milioti), nos conquistou desde o início: Uma mulher meiga, que tinha um passado simples e tinha uma química perfeita com Ted! Como isso poderia dar errado? Mas deu!

Antes do episódio final, temos que falar da temporada final! Ela é toda concentrada no casamento de Robin (Cobie Smulders) e Barney (Neil Patrick Harris). Para quem não assistiu, Robin é simplesmente o amor da vida de Ted, pelo menos para nós público, antes dele conhecer a Mother (era o que pensávamos).

Sim, 22 episódios para falar sobre um final de semana. Ficou chato, irritante e teve o pior episódio da série (depois do último): o episódio das rimas! Que coisa ridícula um episódio inteiro só rimando! Nossa, parecia uma tortura!

Fora isso, essa última temporada deveria ser para conhecermos melhor a Mother, mas nãooooooo, ela não aparece em todos os episódios, e nós ficamos com aquele sentimento “Cadê a mulher que dá nome ao título da série que esperamos quase uma década pra conhecer?”.

Aí vem o fatídico último episódio: com 15 minutos Robin e Barney se separaram! Oi????

22 episódios para se casarem e 15 minutos para se separarem? Que isso, série?

Mas o pior foi o motivo: Barney se separou porque não aguentava de saudade da mulher que trabalhava muito! Barney carente? Esperava isso do Ted, mas do Barney? Nunca!

Bom, para falarmos de tudo que foi revoltante, é melhor separarmos os acontecimentos por personagens. Então vamos lá:

MARSHALL E LILY

Não tem como falar do melhor casal de todas as séries separadamente. Eles são perfeitos juntos, mas só tenho uma coisa para dizer: Marshall (Jason Segel), além de terminar casado com a mulher que ama e ter três filhos lindos como queria, ele ainda conseguiu virar juiz, seu sonho desde o início. Mas e Lily (Alyson Hannigan)? Desde a primeira temporada ela tem o sonho de virar artista e a série simplesmente não toca mais no assunto? Achei que ela, por ser uma personagem incrível, também merecia realizar seu sonho de ser uma pintora.

ROBIN

Robin é uma personagem complicada de falar. Meu problema com ela não é ela ser uma mulher independente que não quer se casar. Até aí tudo bem. Meu problema é ela não querer se comprometer, mas toda vez que Ted encontrava alguém, ela estava lá para atrapalhar. Isso sim acho falta de caráter. E no final ela ficar com Ted e com os filhos dele (lembrando que ela não queria e nem podia ter filhos), foi errado para mim. Se ela amava ficar sozinha, ela deveria ter ficado sozinha e pronto! Isso faria muito mais sentido para a personagem que desde o início da série, não gostava de compromissos.

TED

Ted é o mocinho da série. A série sempre quis nos mostrar isso. Mas se você assistir com mais atenção, vai perceber que ele é um cara egoísta, mau caráter e enjoado. Como aquele episódio que ele terminou com uma menina no aniversário dela e três anos depois, voltou com ela só pra terminar de novo no aniversário da pobre coitada. Se isso não é falta de caráter, não sei o que é. E quando ele pediu pra Robin dar os cachorros dela pra alguém, só porque foi presente dos ex namorados dela. Oi? Animal não é objeto Ted, isso não se faz!

Na minha opinião, um personagem chato, sem amor próprio assim, nunca deveria ser o principal de uma série.

MOTHER (TRACY)

Sim, eu sempre vou me referir a ela como Mother! O que dizer dela? Encontraram a atriz perfeita e não aproveitaram isso! Ela morre no último episódio e nem é dito como ela morreu!

Que desrespeito pela personagem que dá nome ao título da sua série!

A sensação que ficou, é que ela não é a mulher da vida de Ted. Ela só serviu para dar filhos ao protagonista, pois Robin não podia fazê-lo. E pronto!

Cara, como esse final me dá revolta até hoje!

BARNEY

Para mim, o que fizeram com o Bareny foi a pior coisa de todo este final ridículo. Mais do que a morte da Mother! Porque infelizmente as pessoas morrem, mas o fizeram com Barney é simplesmente indescritível!!! Se coloque no lugar dele: Quando você tinha 20 anos você pegava todas as mulheres! Mas com 40 anos você finalmente encontra a mulher da sua vida, mas infelizmente vocês se separam. Você realmente ia voltar a ser o mulherengo de 20 anos atrás? JAMAIS! Claro que ia sofrer, mas depois ia seguir em frente, não? Eu não pude acreditar que realmente estava vendo um Playbook 2 no último episódio da série!

Ele tendo uma filha no final foi realmente interessante, a cena dele com a bebê foi linda (a melhor do episódio), mas a consideração pela mãe da criança foi ridículo! Ele ficou com 31 mulheres em 31 dias e a mulher de número 31 (nem o nome da mulher ficamos sabendo), engravidou dele e é só isso? Inacreditável!!!!

O mais revoltante era saber que os criadores, Carter Bays e Craig Thomas, sabiam deste final desde a 2ª temporada. E a pergunta que fica é: Se a intenção deles era que Ted ficasse com a Robin, então por que nos deixaram torcer por Robin e Barney? Por que escreveram um episódio de noivado dos dois tão lindo? E mais: Por que fizeram uma última temporada baseada toda no casamento deles, se eles iam se separar com 15 minutos de episódio final?

Eu me senti enganada. Trouxa mesmo.

Para terminar toda essa minha revolta, tenho que descrever uma teoria que li e achei super interessante. Toda a série foi narrada pelo Ted, certo? Então é somente a versão dele que conhecemos. Será que tudo que vimos foi realmente o que aconteceu? Já que a intenção dele era só ter a aprovação dos filhos para ficar com Robin, então será que tudo que ele disse sobre o Barney, por exemplo, foi verdade? Talvez o Barney nem tenha dormido com 200 mulheres, talvez tudo isso tenha sido uma história inventada para seus filhos aprovarem ele ficar com a tia Robin, e não o Barney. Intrigante não?

Bem, eu recomendo a série para meus amigos assim: “É incrível, vale a pena a caminhada. MAS possui o pior final de todos os tempos”. E isso é realmente uma pena.

Nota: 3/10

Até o próximo filme (ou série)! Bye Bye
Luana Sabaini

VEJA OUTRAS RESENHAS AQUI!